WhatsApp é proibido de compartilhar dados com Facebook após decisão da justiça
Se na Índia o WhatsApp contratou bons advogados e conseguiu se defender na justiça após ser acusado de violar a privacidade dos usuários com a política de recolhimento de dados ao Facebook, na Alemanha a história já foi diferente. Mesmo com o prazo para que os clientes pudessem aceitar ou não a medida tendo terminado no dia 25 de setembro, no país o mensageiro está proibido de compartilhar essas informações com a sua empresa controladora a partir desta terça-feira (27).

De acordo com as autoridades alemãs, ambas as empresas estão violando a promessa inicial feita em 2014, quando o aplicativo foi vendido, e colocando em risco a privacidade de 35 milhões de usuários do WhatsApp na Alemanha, número esse que corresponde a uma fração dos cerca de um bilhão de clientes no mundo todo. A medida visa proteger as pessoas de terem seus contatos e mensagens expostas.
 
“Precisa ser uma decisão [dos usuários] se eles querem conectar sua conta com o Facebook”, declarou Johannes Caspar, comissário de proteção de dados de Hamburgo em comunicado oficial, acrescentando ainda que a rede social de Mark Zuckerberg ‘precisa pedir autorização antes’.
 
Com essa decisão, é muito provável que em breve outros países tomem medidas semelhantes. Resta saber se o Brasil seguirá o exemplo e o WhatsApp vai acatar a ordem, já que em seu histórico não costuma obedecer as decisões da justiça brasileira, como por exemplo, nos casos envolvendo o compartilhamento de mensagens enviadas por comandantes do tráfico de drogas.

Fonte: Tudocelular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...