📱 Usuários do GB WhatsApp têm suas contas temporariamente bloqueadas

O WhatsApp começou a bloquear temporariamente contas de usuários que acessam a rede do mensageiro por meio de apps paralelos, feitos por terceiros. A maioria dos afetados parece ser de usuários do GB WhatsApp, uma das “alternativas pirata” mais conhecidas para se comunicar com contatos do WhatsApp original.

Vários relatos de usuários bloqueados apareceram no Twitter e também nos fóruns do XDA Developers. Vale destacar que, diferente do Telegram, o WhatsApp é um mensageiro de código fechado e não admite, de acordo com seus termos de serviço, o uso de aplicações adulteradas.

Entre os relatos de usuários afetados, alguns publicaram capturas de tela mostrando um contador regressivo que impedia o acesso ao app. O primeiro bloqueio, aparentemente, é de apenas 20 minutos. Caso esse período termine antes que o “infrator” migre sua conta para a versão oficial do WhatsApp, um novo bloqueio temporário é implementado.

Esse segundo bloqueio, contudo, é de 40 minutos, e vai sendo dobrado sempre que o WhatsApp perceber que o usuário ainda está com uma versão adulterada do mensageiro em seu smartphone. Depois de alguns bloqueios temporários, a conta do WhatsApp pode ser definitivamente desativada por conta das infrações.

“Se você receber uma mensagem no WhatsApp dizendo que sua conta foi ‘temporariamente banida’, você provavelmente está utilizando uma versão não oficial do WhatsApp. Se você não mudar para o app oficial após ser temporariamente banido, sua conta pode ser permanente banida de usar o WhatsApp.”

“Os apps não oficiais, como o WhatsApp Plus e o GB WhatsApp, são versões alteradas do WhatsApp. Eles foram desenvolvidos por terceiros e violam nossos Termos de serviço. O WhatsApp não autoriza esses apps de terceiros porque não podemos verificar se as medidas de segurança implementadas por eles são válidas”, diz a página oficial do mensageiro acerca do caso.

Não se sabe quantos bloqueios temporários o WhatsApp pretende tolerar antes de eliminar definitivamente a conta de usuários que insistirem em usar o GB WhatsApp ou WhatsApp Plus.

Fonte: TecMundo


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...