Tirar YouTube do iPhone pode prejudicar Apple mais que Google
A decisão de tirar o aplicativo do YouTube na nova versão do sistema operacional móvel usado no iPhone, o iOS 6, pode prejudicar mais a Apple que o Google, aponta a revista Forbes. Os usuários do smartphone ainda poderão acessar o site de compartilhamento de vídeos através do navegador Safari, e o impacto sobre a receita do Google deve ser mínimo – afinal, nem todo o conteúdo e publicidade do YouTube estava incluído no app.
O YouTube era um dos aplicativos nativamente instalados no iPhone desde que o primeiro aparelho foi lançado, em 2007. Além do YouTube, a Apple já havia anunciado que o iOS 6 não irá mais utilizar o Google Maps, já que a empresa desenvolve um sistema de mapas próprio. O Maps era outro aplicativo nativo do iPhone desde o seu lançamento.
Analistas apontam que a decisão da Apple pode se voltar contra a empresa: os usuários não deixarão de acessar o YouTube, e a não renovação da licença permitirá ao Google criar seu próprio aplicativo e lucrar com ele. Porém, o risco é maior se a Apple tiver o objetivo de remover o Google como sistema de buscas padrão – o que causaria um enorme impacto financeiro à gigante de pesquisas.
 
Fonte: Terra

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...