[Rumor] Processadores Zen da AMD serão baseados em 16 nm
Atualmente a AMD está passando por uma grande crise, e isso não é nenhuma novidade, o mercado está cada vez mais dominado pela Intel e a Nvidia, e como a fase não é nada boa, investimentos avassaladores em produtos e marketing estão caminhando de forma mais lenta na AMD. O grande trunfo que a companhia está preparando para surpreender o mercado, usuários e crítica especializada são os processadores baseados na arquitetura Zen, e que provavelmente irão dar as caras no ano que vem. 

Os engenheiros da companhia estão bastante otimistas com o resultado final que essas CPUs podem apresentar. De acordo com Susan Plummer que é um dos nomes fortes ligado ao desenvolvimento desse novo produto, disse em entrevista ao site My Statsman, que o time está trabalhando duro e com bastante liberdade para que o produto final seja realmente uma revolução para a caminhada da AMD. 
 
Dentre os pontos altos dos processadores Zen, podemos destacar o design de processamento, que passará do CTM (Clustered Multithreading) para o SMT (Simultaneous Multithreading). Com essa troca espera-se um ganho de performance considerável além de melhorias nos aspectos ligados ao consumo de energia. Os ganhos de Instruções por ciclo de clok por exemplo estariam na casa dos 40% em relação ao Excavator, a evolução dos Bulldozer.
 
Porém um rumor apresentado essa semana coloca uma pulga atrás da orelha em que acredita realmente em toda essa evolução. Durante o primeiro relatório sobre a arquitetura Zen, o processo de fabricação seria baseado na tecnologia FinFet de 14 nm, porém fontes ligadas ao site bitsandchipsa probabilidade da fabricação em 16 nm não está descartada. 
 
Tudo isso por que inicialmente os processadores seriam fabricados nas entalações da GlobalFoundries, porém essa companhia tem a capacidade de produzir produtos baseados em 28 nm, e para mover a fabricação para o processo FinFet de 14 nm demandaria um investimento colossal que todos sabemos que a AMD não está podendo cobrir. 
 
A solução que a AMD encontrou foi passar para a produção baseada em 16 nm da TSMC, uma medida providencial para evitar qualquer tipo de atraso, mas que poderá impactar no desempenho final. Vamos aguardar os próximos capítulos.

Fonte: Guia do Hardware 

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM

Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...