ReclameAQUI convoca reclamaço sobre franquia de internet fixa para a próxima quarta-feira
O ReclameAQUI se uniu, nesta quarta-feira (20), ao movimento que protesta contra a adoção de franquias. O site está convocando os usuários a reclamarem na página sobre a adoção de franquias das operadoras de internet fixa.

O evento está marcado para a próxima quarta-feira, dia 27. O internauta que deseja participar da ação deve se cadastrar no site do ReclameAQUI e acessar a página da Anatel na plataforma. Até agora, o órgão foi citado em mais de 1600 reclamações sobre banda larga fixa.
 
“Vamos fazer um ‘superdia’ de reclamações contra a Anatel, o órgão que deve regular as ações das companhias de telecomunicações, para todos expressarem suas insatisfações em relação a essa medida”, afirmou o ReclameAQUI.
 
“(Os novos planos) podem variar de 10 GB a 130 GB por mês. Então, por exemplo, se você usar a Netflix a 25mb/s, em 11 horas você terá consumido 130 GB, o que equivale a toda sua franquia no mês. Isso sem contar os outros sites que você acessa ao longo do dia”, completou a página.
 
Além dos usuários, o governo também está insatisfeito com a postura da Anatel nessa confusão. Por isso, o governo afirmou até mesmo que vai passar por cima do órgão e falar diretamente com as operadoras.
 
Reação dos internautas 
As informações da Vivo chegam após uma série de ações tomadas pelos internautas e por entidades de defesa do consumidor. Um abaixo-assinado, por exemplo, reuniu mais de 1 milhão de assinaturas. A operadora Vivo passou ainda a ser boicotada nas redes sociais.
 
A Anatel, inclusive, já se posicionou sobre o caso. A agência bloqueou a utilização de franquias até que suas exigências sejam atendidas.
 
Além disso, um novo projeto de lei poderá impedir que qualquer adoção de franquias entre em vigor no Brasil. A iniciativa parte do Portal e-Cidadania, que inicia projetos populares muito diferentes das petições tradicionais, sendo levado diretamente para senadores quando atingir uma quantidade expressiva de assinaturas dos brasileiros
 
A Proteste, organização que sempre luta pelos direitos dos consumidores, alega que amudança é ilegal e não trará benefícios para o usuário. Além disso, ela também criou uma petição online para analisar a opinião dos usuários sobre o assunto.
 
Outra iniciativa contra a imposição dos limites surgiu no Facebook e Twitter. A página Movimento Internet sem Limites divulga informações e tenta avisar aos internautas o que está acontecendo. Com apenas alguns dias de existência, a página já possui mais de 370 mil curtidas no Facebook.

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...