Por favor, pare de se conectar a redes Wi-Fi abertas sem se proteger
Redes Wi-Fi públicas desconhecidas são um dos grandes clichês para ser vítima de infecção ou roubo de dados. Mas, tão certo quanto o fato de que as pessoas vão continuar usando senhas idiotas, deixar uma rede sem fio aberta é certeza de que haverá gente que tentará se conectar.

Para provar isto, pesquisadores da Avast configuraram um monte de redes Wi-Fi no aeroporto de Barcelona, na Espanha, com o objetivo de armar uma cilada para as pessoas que passam por lá para ir ao Mobile World Congress. Usando nomes como “Starbucks”, “Airport_Free_Wifi_AENA” e “MWC Free WiFi”, os pesquisadores capturaram dados de usuários em quatro horas. Ao todo, foram 8 milhões de pacotes de dados coletados.
 
Os pesquisadores conseguiram acesso a um monte de dados das vítimas, como sites que elas estavam navegando e quais aplicativos estavam instalados em seus smartphones. Se eles tivessem sido mais maldosos, também conseguiriam roubar dados sensíveis (e não encriptados) transmitidos pelos usuários.
 
Alguns dos achados desse período de “roubo de dados” dos passageiros:
– 50,1% tinham um dispositivo Apple, 43,4% tinham um dispositivo Android e 6,5% um dispositivo Windows Phone;
– 61,7% buscaram informações no Google ou checaram seus emails no Gmail;
– 14,9% visitaram o Yahoo;
– 2% visitaram o Spotify;
– 52,3% têm o app do Facebook instalado, e 2,4% o do Twitter.
 
Os resultados não trazem nenhuma surpresa: eu mesmo já me conectei a redes de aeroportos quando precisei e eu nunca usei um aplicativo de VPN no meu smartphone. No entanto, não deixa de ser um lembrete para evitarmos de nos conectarmos a redes desconhecidas. Ah, e se for se conectar, não seja louco de acessar sua conta bancária.

Fonte: Gizmodo Brasil 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...