Perigo! Carregar o smartphone via USB oferece mais riscos do que parece
O perigo de utilizar carregadores alternativos para recuperar a carga dos dispositivos móveis já é bem conhecido. Desde problemas como o inchaço da bateria, que pode levar a uma explosão, até uma combustão espontânea do aparelho já foram noticiadas até mais de uma vez. Sem falar no perigo de levar um choque, que pode acontecer tanto no carregamento pela tomada como via USB.

A Kaspersky agora está alertando para um outro tipo de perigo de carregar smartphones e tablets em conexões USB. E vale tanto para computadores como para aquelas torres que, aqui no Brasil, são mais comuns em shoppings centers, e até mesmo nos ônibus, como os de São Paulo e Nova York, que oferecem esse recurso. Na verdade, qualquer dispositivo com este tipo de conexão para carregar a bateria de outro aparelho possui o mesmo risco.
 
Em primeiro lugar, o risco está no fato de muitos smartphones estarem configurados para abrir um protocolo de transferência de mídia ao serem conectados via USB. Isto é padrão, por exemplo, em celulares Android da versão Kit Kat. Você pluga o aparelho em um computador e, automaticamente, aparece uma pasta do armazenamento interno do celular. Isto pode permitir que um hacker instale arquivos indesejados, como malwares ou vírus, e ganhe controle do dispositivo.
 
Neste momento, quem é mais esperto já sabe que é só configurar o aparelho para o modo de carregamento apenas para evitar problemas, então. Ou até mesmo mantê-lo bloqueado durante todo o tempo em que estiver conectado. Bom, há um outro problema.
 
Conversa entre smartphone e computador
 
Sempre que você conecta um dispositivo móvel a um computador ou outra fonte via USB, os dois aparelhos conversam entre si e se apresentam. Isto significa que, mesmo bloqueado ou no modo de carregamento, o smarpthone apresenta suas credenciais à fonte. Isto inclui o nome do dispositivo, nome da fabricante e número serial do aparelho. E este é um problema que independe do sistema operacional.
 
Estas informações são preciosas nas mãos de um cibercriminoso. Com elas, uma pessoa má intencionada pode acessar seus contatos e fazer ligações utilizando o seu número de telefone. O que significa que elas seriam cobradas de você.
 
Mas e aí, o que fazer? De acordo com a Kaspersky, não há muito como se proteger. Você não sabe que tipo de sistema ou programas estão funcionando em uma fonte de conexão USB até que conecte o dispositivo. Daí, a empresa recomenda não utilizá-los. E pronto. Se você estiver na rua e seu aparelho estiver ficando sem bateria, o jeito é esperar para chegar em casa mesmo. Ou andar por aí com o carregador de tomada (original) e procurar uma boa alma que te permita usar uma fonte de energia por alguns minutos.
 
Fonte: Tudocelular 

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...