⚠️ Mozilla lança o Firefox 69 com proteção reforçada para rastreamento, maior privacidade e segurança

A Mozilla anunciou nessa terça-feira (03) o lançamento do Firefox 69. A atualização conta com várias novidades interessantes, incluindo proteção de rastreamento aprimorada, que a partir de agora, será ativada por padrão para todos os usuários.

Esse recurso promete o bloqueio cookies e cryptominers de rastreamento de terceiros, deixando a experiência de navegação muito mais segura.

Além disso, configurações adicionais bloqueiam por padrão os rastreadores e similares; no mais, as novidades podem ser conferidas no changelog abaixo:

  • O recurso Bloquear reprodução automática foi aprimorado para oferecer aos usuários a opção de bloquear qualquer vídeo que comece a ser reproduzido automaticamente, não apenas aqueles que são reproduzidos automaticamente com som.
  • Para nossos usuários nos EUA ou usando o navegador americano, estamos enviando uma nova experiência na página “Nova guia” que conecta você ao melhor do conteúdo do Pocket.
  • O suporte para a extensão HmacSecret de autenticação da Web via Windows Hello agora vem com esta versão, para versões do Windows 10 de maio de 2019 ou mais recentes, permitindo mais experiências sem senha na Web.
  • O suporte ao recebimento de vários codecs de vídeo com esta versão facilita para os serviços de conferência WebRTC misturarem vídeo de diferentes clientes.
  • Usuários no Windows 10 notarão melhorias de desempenho e na interface do usuário:
  • O Firefox dará dicas ao Windows para definir adequadamente os níveis de prioridade do processo de conteúdo, o que significa mais tempo do processador gasto nas tarefas em que você está trabalhando ativamente e menos tempo do processador gasto nas coisas em segundo plano (com exceção da reprodução de vídeo e áudio).
  • Para nossos usuários existentes do Windows 10, você pode encontrar e iniciar o Firefox facilmente a partir de um atalho na barra de tarefas do Win10.
  • Para nossos usuários no macOS, a duração da bateria e a interface do usuário para download foram aprimoradas:
  • Os usuários do macOS em máquinas com placas gráficas duplas (como o MacBook Pro) retornam à GPU de baixo consumo de forma mais agressiva, economizando a bateria.
  • O Finder no macOS agora exibe o progresso do download dos arquivos que estão sendo baixados.
  • O suporte ao JIT chega ao ARM64 para melhorar o desempenho do nosso compilador JavaScript Optimizing JIT.

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...