Morte do Windows 10 Mobile? Grandes desenvolvedoras de apps desistem da plataforma
Microsoft definitivamente não está tendo um bom início de ano, pelo menos no que se refere à sua plataforma móvel. Em sua dura disputa contra os gigantes Android da Google e o iOS da Apple a gigante de Redmond viu sua já pequena participação no mercado global diminuir de 3% em 2014 para apenas 1,7% após um ano, apesar de todo o marketing em favor do Windows 10 Mobile. E as más notícias não param de chegar, como a de uma grande desenvolvedora de apps jogando a toalha ao chão.

No último relatório da Kantar em que a plataforma móvel da Microsoft perdeu terreno em praticamente todos os mercados do mundo a China foi uma das poucas a apresentar um resultado positivo, mas isso não foi suficiente para animar a Tencent, responsável por aplicativos como QQ e WeChat (um dos principais apps de mensagens entre os chineses). A desenvolvedora acaba de anunciar que estão abandonando definitivamente o Windows 10 Mobile e culpam a Microsoft.
 
É interessante relembrar que a Microsoft havia anunciado a Tencent como uma das grandes parceiras para o desenvolvimento de novos aplicativos para seu novo sistema móvel, o que acaba de ser desfeito. A empresa de desenvolvimento de apps explica que “apesar da era do Windows 10 Mobile estar começando, não poderemos acompanhar de perto este tempo. Não é porque estamos mudando, mas a realidade é cruel, o que nos impulsiona a mudar e buscar adaptação com os novos tempos”.
 
Tencent já deve ter observado os últimos números de vendas de dispositivos móveis com a plataforma de Redmond (Windows Phone / 10 Mobile), com apenas 4,5 milhões de Lumias vendidos no último trimestre do ano passado, representando uma queda de 49% nas receitas, já que a Microsoft vendeu 10,5 milhões de Lumias no mesmo período em 2014. Ou seja, e como o gráfico abaixo demonstra, o Windows Mobile está de volta ao patamar de 2012, uma regressão que parece inevitavelmente apontar para a morte da plataforma. Aqui vale observar que o dispositivo mais popular da plataforma ainda é o guerreiro Lumia 520, lançado há três anos.
 
Voltando para as palavras da Tencent temos a observação de que “os usuários da plataforma Windows Phone continuam em declínio e se mudaram para outras plataformas, mas [nós] não percebemos esforços por parte da Microsoft para mantê-los”. Ou seja, o recado parece muito claro, a Microsoft não se empenha em conquistar as desenvolvedoras para que aplicativos de qualidade cheguem até sua plataforma e é notório que Google e Apple estão onde estão ajudados pela comunidade que alimenta suas lojas de apps. E para os que acham irrelevante a saída da Tencent do cenário, vale relembrar que até hoje o Facebook não se importa com a plataforma da Microsoft, assim como o Snapchat, desenvolvedoras de jogos tais como a EA ou o Instagram, que apesar de estar no Windows Phone, não sai da versão beta e segue há vários meses sem atualização.
 
Os fãs da Microsoft ainda esperam por uma reviravolta com a provável aposta no fim da linha Lumia para a chegada da nova e suposta família Surface Phone, mas as palavras da Tencent dão um forte choque de realidade, a Microsoft não está acertando com sua plataforma, apesar de continuar lançando inúmeros aplicativos para as plataformas rivais. Estaríamos diante do fim do Windows 10 Mobile?

Fonte: Tudo Celular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...