Microsoft libera atualização para Windows 10 corrigindo falha crítica que envolvia links maliciosos

Um novo patch de segurança foi liberado pela Microsoft recentemente para o Windows 10. Entre as correções trazidas com a atualização estão várias relacionadas a vulnerabilidades críticas do próprio sistema operacional e outros produtos da marca, sendo que outras cinco permitiam que hackers invadissem o computador do usuário ao clicar em um link malicioso.

O site Hacker News afirma que essa fraquezas do sistema eram relacionadas ao Windows Graphics Component, e afetam não só o Windows 10, como também o 8.1, o Windows RT 8.1, o Windows 7, e os Windows Server 2008 / 2012 / 2016. A única coisa necessária para o hacker obter acesso ao computador é um clique do usuário em um arquivo ou site criado especificamente para roubo de informações. Outra falha, dessa vez relacionada ao Windows Microsoft Graphics, permite que a pessoa que está fazendo o hack faça com que o sistema pare de responder a comandos dados pelo usuário.

“Em um cenário de ataque com base na Web, o invasor pode hospedar um site especialmente criado para explorar a vulnerabilidade através do Internet Explorer e, então, convencer um usuário a visualizar o site”, explica a Microsoft.

Entre outras correções, temos uma com relação a execução remota de código por meio de programas do Microsoft Office, e outras 6, das quais 3 são críticas, referente ao Adobe Flash Player. Para baixar a atualização de abril do Windows 10 com essas correções, basta ir nas Configurações do Windows 10, clicar no menu Atualização e Segurança, depois em Windows Update e por fim em Procurar Atualizações.

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM