Jogos online realmente consomem muita internet como alega a Anatel?
O presidente da Anatel comentou em uma coletiva dada à imprensa na última segunda-feira (18) informando que o fim da internet ilimitada é algo inevitável. João Rezende foi além e ainda colocou a culpa nos gamers que abusam das conexões a passarem muito tempo em jogos online. Ele afirma que o usuário comum, aquele que não joga, acaba sendo prejudicado por pagar o mesmo e não aproveitar a conexão da mesma forma. Com planos de franquia, quem usa pouco pagaria menos do que aqueles que usam bastante. Mas isso é realmente verdade?

Um relatório divulgado pela Cisco mostra qual o consumo de dados tanto na internet fixa quanto a móvel com projeção para até 2019. Se você analisar a tabela abaixo verá que o consumo com jogos é menor do que serviços como streaming (YouTube e Netflix, por exemplo), navegação (incluindo e-mails e acesso a serviços na nuvem) e também compartilhamento de arquivos. Enquanto o streaming de vídeos chegou a 21.624 petabytes por mês em 2014, o gasto com jogos foi de apenas 27 petabytes (800 vezes menor). Claro que esse número vem aumentando, onde é cogitado alcançar 143 petabytes em 2019, mas ficando muito abaixo dos demais usos da internet.

 

 
De acordo com um levantamento feito pelo site Adrenaline, mesmo os usuários considerados de perfil simples teriam problemas para lidar com as franquias restritas de dados. Alguém que usa a internet 4 horas por dia e assiste apenas um episódio na Netflix diariamente teria um gasto mensal de quase 80 GB. Um usuário intermediário que navega a mesma quantidade de horas, assiste o mesmo vídeo na Netfix, mas também vê 1 hora de vídeos no YouTube e baixa dois jogos no mês teria um consumo de 160 GB.
 
Esses dados mostram que não é preciso passar horas jogando online como alega o presidente da Anatel para acarretar em um alto consumo de banda. Todos os serviços atuais precisam de internet, e você jogando ou não vai acabar gastando muito banda mensalmente. A Vivo até tentou limpar sua barra após toda a polêmica envolvendo o controle no uso de internet ao defender que não irá limitar o uso da Netflix e YouTube. Ou seja, quem joga (consumindo menos banda) será penalizado, mas quem faz muito streaming de vídeo (que consome muito mais banda) não será?

Fonte: Tudocelular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...