Google busca formas de reduzir fragmentação do Android
Google passou anos brigando com a Oracle pelo direito de uso do Java no sistema Android. Após recente vitória no mês passado, analistas acreditam que Google poderá realizar mudanças radicais com seu sistema, possivelmente transformando-o em um software proprietário. Atualmente, o Android é livre para qualquer empresa que deseja adotá-lo, mas Google acredita que ter milhares de empresas lançando milhões de smartphones no mercado com o robozinho acaba fragilizando o sistema.

Uma prova disso é que com mais de seis meses que foi lançado o Android Marshmallow conta com apenas 10,1% do mercado. Google até inaugurou um programa de atualizações mensais para levar correções de segurança de forma mais rápida aos vários smartphones com Android no mercado, mas muitas empresas simplesmente demoram meses para liberar qualquer atualização, o que acaba comprometendo o programa da Google.
 
De acordo com o analista Richard Windsor, da empresa Nomura Securities, Google pode acabar fechando o sistema para poucas empresas. A ideia de um software livre era realmente o grande sonho da gigante das buscas, mas que acabou não saindo como o esperado. Outro fator que preocupa a empresa é o preço cada vez mais alto cobrado por smartphones com Android. A ideia era que o sistema fosse o mais acessível possível, mas com recentes lançamentos beirando a US$ 800, realmente fica complicado ver uma grande adoção do sistema pelo mundo. Desta frustração acabou surgindo a linha Android One da empresa.
 
Claro, existem uma boa quantidade de empresas, chinesas e indianas, que oferecem bons produtos com preços mais competitivos, mas Google deseja ver isso também das grandes fabricantes como Samsung, LG e Sony, por exemplo. Além disso, Google vem trabalhando diretamente com Qualcomm e MediaTek para garantir que o Android tenha total compatibilidade com os futuros lançamentos da empresa. Tudo isso deverá ajudar a reduzir a fragmentação do Android e acelerar o ritmo de atualizações, mas será suficiente?

Fonte: Tudocelular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...