Fraude cobra internauta por baixar conteúdo ilegal no Megaupload

Criminosos estão imitando os avisos enviados por representantes legais de estúdios e gravadoras, e mandando a internautas um documento que afirma que o usuário está sujeito a receber uma multa de até 10 mil euros (R$ 24 mil) por ter baixado conteúdo ilegal do site Megaupload. O texto, no entanto, revela que é possível fazer um acordo no valor de apenas 147 euros (R$ 350) para ficar livre da acusação.

O Megaupload foi fechado no dia 19 de janeiro e seus responsáveis foram presos. Eles são acusados de facilitar a pirataria por meio dos arquivos disponíveis no site. Quando foi fechado, o Megaupload era o 73° site mais popular do mundo, segundo a Alexa, que monitora o acesso a sites.
A mensagem do golpe, que se aproveita da popularidade do site, é escrita em alemão e teria sido enviada por um escritório de advocacia chamado “Dr. Kroner & Kollegen”, de Munique (Alemanha). Os advogados seriam representantes de estúdios e gravadoras como a Sony, Universal, EMI e Dreamworks.
Nos Estados Unidos e na Europa, representantes legais dessas empresas também têm enviado textos semelhantes aos internautas, mas com um aviso de que o usuário deve parar de realizar downloads ilegais. A fraude, porém, se concentra apenas em cobrar o “acordo” do internauta.
Segundo o site “TorrentFreak”, o dinheiro pago aos golpistas acaba em uma conta na Eslováquia. Também de acordo com o site, outra fraude semelhante estaria usando o nome da GVU, uma empresa que é realmente representante dos estúdios. Nesse caso, a mensagem é exibida por um vírus. No início de 2011, um vírus russo buscava assustar internautas com uma mensagem semelhante. A praga era capaz de exibir o texto em diversos idiomas, inclusive português.

Fonte: G1


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...