Fim da gratuidade desacelera Windows 10, que pode demorar a dominar o mercado
Existem diversas métricas para sabermos qual a porcentagem de dispositivos no mundo que utilizam um sistema operacional. Temos o relatório do Grupo Kantar, que mede os “tamanhos” de cada sistema operacional móvel, ou o AdDuplex, que foca mais nos dispositivos Windows, por exemplo.

Cada empresa tem seu método, e por isso podem trazer resultados levemente diferentes em um mesmo período. O NetMarketShare, por exemplo, mede os dispositivos conectados, apenas. E trouxe um estudo bem interessante sobre o Windows em seu último relatório.
 
A medida dos sistemas operacionais desktop mostra que o Windows 7 domina o mercado, com quase metade de todos os aparelhos no mundo. São 49,04%, segundo a medida da empresa. E o Windows 10 vem em seguida, com pouco mais de metade disso: 26,8%. A primeira versão do macOS, a 10.12, aparece só na quinta colocação, com 3,49%.
 
Mas não vamos falar tanto dos números. Isso você pode ver no gráfico acima, melhor ilustrado e podendo tirar as próprias conclusões. Vamos falar mais do crescimento do Windows 10.
 
Acabou o gás?
Como era previsível, o crescimento do Windows 10 perdeu bastante a velocidade desde que a Microsoft encerrou a oferta de gratuidade para usuários do Windows 7 em diante. Desde julho passado, a versão mais atual do sistema operacional ganhou cerca de 4,5 pontos percentuais nesses últimos 11 meses.
 
De acordo com os cálculos do MSPoweruser, a taxa de crescimento enquanto a atualização era gratuita poderia levar o Window 10 a todos os PCs do sistema em 4 a 5 anos. Já com a velocidade de crescimento atual, isso pode demorar 15 anos.
 
Curioso é que o Windows 7 caiu de 49,46% para 49,04%, enquanto o Windows XP teve, acredite, crescimento, de 1.28% para 6.94%.

Fonte: Tudocelular

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM