Fibra óptica deve ultrapassar acessos via xDSL e cabo no Brasil até 2020

Cálculos divulgados esse final de semana pela consultoria Teleco mostram que a tecnologia de fibra ótica deve se tornar a mais popular no Brasil em 2020 para banda larga fixa, ultrapassando os acessos xDSL e via cabo.

Esses dois últimos, que são os principais usados pela Telefônica e Oi, estão cada vez mais perdendo espaço – o cabo em um ritmo menor, diga-se de passagem.

Em 2016 a fibra ótica (FFTx) possuía 6,5% de participação de mercado mas, segundo a previsão da Teleco, a adoção deve superar os 30% já no próximo ano, passando as duas outras tecnologias mencionadas.

De acordo com a empresa, nos últimos dois anos a fibra acumulou adições líquidas de 3,9 milhões de acessos, enquanto os acesso de pares metálicos (xDSL) encolheram em 1,1 milhão.

Apesar da Telefônica e Oi estarem migrando aos poucos os clientes para a fibra (a Vivo, por exemplo, estreou o serviço há pouco em mais três cidades de SP), os verdadeiros responsáveis pela disseminação da tecnologia no Brasil são os provedores regionais.

Em 2018, essas operadoras locais foram responsáveis por 57% dos acessos via fibra, enquanto a Telefônica possuía 46% dos acessos via xDSL e a Oi 44%.

O que esse cenário mostra é que as grandes operadoras estão, aos poucos, em retração, enquanto as concorrentes menores crescem devido à crescente demanda por esse tipo de acesso.

Só para termos uma noção desse crescimento, em 2018 elas foram responsáveis por 84% das 2,14 milhões de adições, enquanto as telecoms tradicionais continuavam a perder clientes, que buscavam a fibra onde ela, muitas vezes, ainda não era oferecida.

Fonte: Tudocelular

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM

Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...