Facebook é processado por espiar mensagens privadas dos usuários
O Facebook foi processado nos Estados Unidos por interceptar as mensagens privadas trocadas pelos usuários a fim de analisar o conteúdo. A rede social faria a invasão sistematicamente para compartilhar informações com seus anunciantes e lucrar em cima delas.

A ação ocorre sempre que um usuário envia links externos a outro usuário pelo sistema de mensagens do Facebook. O site verifica o conteúdo da conversa e segue a URL para coletar informações que ajudem a compor o perfil do remetente, na intenção de vender isso a quem põe dinheiro na rede.
 
De acordo com o processo, repercutido pela Bloomberg, a análise “é um mecanismo para o Facebook reunir dados clandestinamente em um esforço para melhorar seus algoritmos de marketing e aumentar sua capacidade de lucrar com os dados sobre os usuários”.
 
Os autores buscam ordem judicial que ateste o que dizem como um grupo, na tentativa de obrigar o Facebook a interromper a prática, além de uma multa de US$ 10 mil em danos para cada internauta que usou o recurso nos últimos dois anos.
 
Consultado, o Facebook respondeu que considera as alegações “sem mérito”.

Fonte: Olhar Digital 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...