EUA quer adiar desligamento de servidores usados por família de vírus

O governo dos Estados Unidos pediu a um tribunal para que adie o desligamento de servidores ligados ao “DNS Changer”, uma família de vírus de computador. O pedido está ligado ao risco de prejudicar o acesso à internet de cerca de três milhões de computadores, muitos deles localizados em grandes empresas e dentro das próprias agências do governo. Se o tribunal não autorizar o adiamento, os servidores serão desligados no dia 8 de março.

A praga DNS Changer alterava uma configuração do computador para usar um serviço de DNS operado pelos criminosos. O DNS, normalmente mantido pelo provedor de internet, é a “lista telefônica” da internet, traduzindo nomes como “suainternet.com” para endereços IP – número nos quais os computadores podem se conectar.

O DNS Changer usava essa funcionalidade para redirecionar anúncios, permitindo que seus criadores faturassem no lugar dos verdadeiros donos dos sites.

Se os servidores usados pelo DNS Changer forem desligados, no entanto, todos os computadores infectados ficarão sem serviço de DNS. Para acessar qualquer site, seria preciso informar o número de endereço IP diretamente ou consertar a configuração. Em novembro de 2011, o número estimado de vítimas era de quatro milhões. As estimativas mais recentes apontam que ainda existem três milhões de computadores infectados.

Uma coalisão chamada de DNSChanger Working Group está liderando esforços para que a praga seja removida.

Seis homens acusados de serem os responsáveis pelo DNS Changer foram presos na Estônia em novembro de 2011. Eles já tiveram a extradição autorizada para os Estados Unidos, onde serão julgados.

Fonte: G1


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...