Deputados de SC querem proibir tecnologia 5G no estado

Os deputados Marcius Machado e Nilso Berlanda, ambos do PL, apresentaram um projeto de lei na Assembleia Legislativa de Santa Cataria que tem como objetivo proibir a instalação do 5G no estado. O texto ainda prevê uma multa de até R$ 200 mil para operadoras que descumprirem a lei.

Como justificativa, os parlamentares alegam que a frequência em que a nova tecnologia opera afeta a saúde de seres humanos e animais. Além disso, os deputados também apresentaram um vídeo publicado no YouTube pelo Dr. Lair Ribeiro, médico, que alega que um teste com o 5G na Holanda vitimou 500 pássaros em dois minutos.

O material produzido pelo Dr. Lair Ribeiro ainda afirma que a tecnologia tem alto potencial cancerígeno. O caso com a morte de pássaros é real, mas não tem nenhuma relação com testes do 5G. Por isso, o Snopes, site de verificação de fatos, concluiu que tudo não passa de mais uma fake news.

Outro argumento usado pelos parlamentares é que o 5G utiliza uma radiação “muito forte” (3,5 GHz) em comparação com as tecnologias antecessoras (790 MHz a 2,6 GHz). Entretanto, a própria Anatel afirma que frequências mais altas não implicam em maior energia irradiada.

Além disso, até hoje ainda não há evidência científica que comprove o impacto da radiação não-ionizante gerada pelo sinal de telefonia móvel em seres vivos. Por fim, os deputados alegam que a rede 5G acabaria com as abelhas e citam até uma frase atribuída a Albert Einstein: “se as abelhas desaparecerem da face da terra, a humanidade terá apenas quatro anos de existência”.

Não existe evidência de que o físico tenha dito isso em vida. Mesmo assim, o projeto de lei deve tramitar pela ALESC. Vale lembrar que em maio deste ano a TIM e Huawei anunciaram a instalação de uma antena 5G em Florianópolis, capital do estado.

Fonte: Tudocelular


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...