Criador do OpenShot diz que 2018 será o melhor ano do editor de vídeo

Em 2017, o OpenShot recebeu grandes novidades, o que lhe garantiu mais de 1 milhão de instalações. Entre os destaques, estavam uma nova ferramenta de transformação interativa, melhorias em animação e keyframes, um novo site traduzido em 10 idiomas, maior estabilidade e melhorias de desempenho, uma nova Cloud API para automação de vídeo e velocidade de reprodução melhorada. Contudo, segundo Jonathan Thomas, criador do OpenShot, 2018 deve ser uma ano ainda melhor para o editor de vídeo.

Embora as notas de lançamento de novas versões do OpenShot destaquem alguma garantia de “estabilidade amplamente melhorada”, o editor de vídeo ainda é muito conhecido por ser instável e, em muitos casos, lento, especialmente quando se está trabalhando um projeto muito grande. Pensando nisso e, talvez, para deixar os usuários mais tranquilos, uma das promessas de Jonathan Thomas para 2018 (sendo a primeira da lista) é melhorar ainda mais a estabilidade do software.

Planos para o OpenShot em 2018

Além da estabilidade melhorada, Jonathan Thomas possui em sua lista várias outras ideias que ele gostaria de ver em seu editor de vídeo em 2018. Jonathan também deixa claro que está aberto a sugestões dos usuários. Confira a lista abaixo:

– Transformação e visualização melhorada

– Pontos de origem do keyframe para transformação e rotação

– Leitor de seqüência de imagens mais rápida

– Melhorias na interface e temas da linha de tempo

– Curvas de keyframe interativas na linha do tempo

– Mais efeitos

– Builds para o Windows de 32 bits

– Mais tutoriais em vídeo

Se os desenvolvedores do OpenShot conseguirem entregar até uma fração das coisas nesta lista de “ideias favoritas”, o editor poderá se tornar uma das melhores alternativas para softwares bem conhecidos entre os usuários de outras plataformas, como é o caso do GIMP e LibreOffice.

O OpenShot tem potencial para ser um tipo de aplicativo do Linux equivalente ao iMovie, da Apple: capaz, fácil de usar e bem adaptado às tarefas básicas de edição de vídeo.

Fonte: LinuxBuzz

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM

Atendimento OnLine
Enviar...