Com queda de 57% nas vendas, Windows Phone está praticamente morto
Quando foi lançado, há cinco anos, o Windows Phone 7 era uma aposta promissora da Microsoft para concorrer diretamente na briga entre Android e iOS, mas ao que tudo indica, esta iniciativa parece ter falhado. A IDC divulgou os resultados do último trimestre fiscal da empresa e revelou que ela vendeu apenas 4,5 milhões de dispositivos da linha Lumia, sendo esta uma grande queda em relação com 10,5 milhões do mesmo período no ano passado.

Essa queda de 57% nas vendas parece ter parece ter sido um efeito que foi ganhando cada vez mais força ao longo dos últimos anos, onde a Microsoft estava apostando em experiência de uso com um software mais bem preparado, porém ela parece não ter vingado e até mesmo os desenvolvedores da plataforma estão desistindo da plataforma – sendo este mais um péssimo (ou ótimo?) motivo para acreditarmos que o Windows Phone está perdendo força, o que é uma pena.
 
Durante toda a vida da plataforma, a Microsoft vendeu um total de 110 milhões de Windows Phone, enquanto que seus rivais Android e iOS, juntos, venderam 4,5 bilhões. A IDC ainda informou que apenas 400 mil Windows Phone foram vendidos no trimestre mais recente, ou seja, apenas 1,1% dos celulares já comercializados no mundo em 2016 são da Microsoft. São Lumias.
 
Apesar do apelo dos fãs da empresa, muita gente ainda fica indeciso com o Windows Phone pela falta de opções, visto que pouquíssimas fabricantes trabalham com a plataforma móvel da Microsoft. O Lumia 950 e 950 XL, que são os atuais topo de linha da empresa, foram negativados em uma série de análises de grandes portais ao redor do mundo e o problema não está nos celulares, mas sim no software.
 
Com o Windows 10 Mobile ainda inacabado, muita gente acaba não ficando tão animada com a ideia de comprar ambos os modelos.
 
As vendas dos Lumias estão em declínio e isto é inegável. A Microsoft possui uma linha muto enxuta de celulares e poucas parceiras para fabricar novos modelos. Mais recentemente, novos rumores voltaram a comentar a chegada de um suposto Surface Phone, embora ainda não saibamos se a Microsoft realmente está desenvolvendo este dispositivo.
 
A situação do Windows Phone, de fato, está ficando cada vez pior. Um relatório recente apontou que a plataforma só vem perdendo participação ao redor do mundo, com um leve crescimento de apenas 1,8% na variação de vendas ano-a-ano. Atualmente, o Windows Phone detém 2% do mercado e é, de longe, um grande competidor (em números) para as plataformas da Apple e Google.
 
A Microsoft, é claro, apenas divulgou os números e não comentou nada de maneira mais aprofundada sobre a morte do Windows Phone.
 
Seria a hora de dizer que o Windows Phone está… morto?

Fonte: Tudo Celular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...