Com dívidas superiores a R$ 60 bilhões, Oi entra com pedido de recuperação judicial
A Oi entrou nessa segunda-feira (20) com pedido de recuperação judicial. No total a companhia declarou aproximadamente R$ 65,4 bilhões em dívidas. Com esse pedido a Oi assume a posição de maior requisição recuperação judicial já protocolada no Brasil. Anteriormente esse feito negativo pertencia à OGX, empresa de Eike Batista, que em 2013 declarou ter dívidas de R$ 11,2 bilhões.

Esse pedido tem como objetivo a continuidade dos serviços a sua base de clientes. As empresas citadas no pedido são as seguintes: Oi Móvel S.A, Telemar Norte Leste S.A, Copart 4 participações S.A, Copart 5 Participações S.A, Portugal Telecom International Finance BV, Oi Brasil Holding Coöperatief U.A.
 
Confira abaixo o pronunciamento oficial:
 
“Considerando os desafios decorrentes da situação econômico-financeira das empresas Oi à luz do cronograma de  vencimento  de  suas  dívidas  financeiras , ameaças ao  caixa  das  Empresas  Oi  representadas  por  iminentes  penhoras ou  bloqueios em processos judiciais, e tendo em vista a urgência na adoção de medidas de  proteção das Empresas Oi, a Companhia julgou que a apresentação do pedido de recuperação judicial seria a medida mais  adequada,  neste  momento”
A companhia diz que por enquanto nenhuma mudança no quadro funcional ou de gestão está prevista, o que significa que a princípio tudo continuará operando normalmente.
 
Um anúncio como esse impacta diretamente no mercado de ações, e nesse caso não foi diferente. Nesta segunda-feira as ações da Oi fecharam em queda de 5,97% nas ordinárias e 10% nas preferencias.
 
Fonte: R7 e Estadão

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...