China pode trocar Windows XP por Ubuntu local
A adesão ao Ubuntu Kylin disparou na China nos últimos meses. Analistas acreditam que esta mudança de sistema operacional só tende a crescer ainda mais enquanto se aproxima o término do suporte oficial do Windows XP.

Esta versão do Linux Ubuntu está inteiramente localizada para o país e foi desenvolvida em conjunto com o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China. Depois do lançamento da primeira versão em Abril de 2012, o sistema foi baixado mais de 400 mil vezes. Desde o lançamento da segunda versão, em Outubro, o número de downloads saltou para mais de 1,3 milhão de novos usuários.
 

O Windows XP é atualmente o sistema operacional mais popular do país, rodando em quase metade das máquinas. O fim do suporte oficial preocupa as autoridades, ao ponto de a Microsoft ser solicitada a estender o suporte ou baixar o preço do Windows 7. Na China, o Windows 7 ocupa o segundo lugar, presente em cerca de 40%. O Windows 8, mais de um ano depois do seu lançamento, não passou da marca de 3% entre os computadores chineses.
 
Neste cenário, a Canonical, empresa por trás do Ubuntu, está impressionada com a quantidade de downloads da versão Kylin na China. Segundo a empresa, em todo mundo os proprietários de PC preferem ter o sistema operacional pré-instalado em suas máquinas e raramente fazem download de uma alternativa. Mas, na China, o alto custo do Windows 7 e 8 pode estar influenciando a decisão.
 
O Kylin foi criado para atender especificamente as necessidades dos usuários chineses, com uma interface toda traduzida, aplicativos locais e integração com serviços web populares no país, como a busca de música do Baidu, por exemplo.

Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...