Cambridge Analytica usou mais apps para tirar dados do Facebook

O escândalo da Cambridge Analytica e da recolha de dados dos utilizadores do Facebook teve como base uma simples aplicação usada nesta rede social e que muitos utilizadores usaram para, supostamente, ajudar numa investigação científica.

Agora, e numa declaração numa comissão de investigação, uma ex-funcionária da Cambridge Analytica veio revelar que afinal foram usadas mais apps, o que pode aumentar ainda mais os dados que foram indevidamente retirados do Facebook.

Estima-se que tenham sido mais de 87 milhões de utilizadores atingidos pela recolha indevida de dados realizada pela Cambridge Analytica. Sabe-se que esta empresa usou uma aplicação aparentemente inocente para recolher dados dos utilizadores e dos seus amigos, que depois usou para fazer análise e perfilagem.

Julgava-se, até agora, que tudo estaria contido e limitado a essa aplicação e a esses dados, mas agora, e numa audiência realizada no Reino Unido, que está a investigar esta situação, foi revelado que afinal podem ter sido mais aplicações usadas, com o mesmo propósito.

Foi Brittany Kaiser, uma antiga funcionária da Cambridge Analytica, que revelou a possibilidade de existirem outras aplicações do Facebook usadas com o mesmo fim. No seu testemunho escrito ela avança que, por exemplo, o questionário “sex compass” terá sido usado.

Não foi revelado ao certo nem quantas e nem quais apps foram usadas, mas ficou claro no depoimento que existiram mais apps e que o propósito destas era o mesmo da app “This Is Your Digital Life”.

Brittany Kaiser revelou ainda que a Cambridge Analytica mentiu ao Facebook sobre os dados que detinha. Para exemplificar mostrou que os analistas da Cambridge Analytica estavam ainda a usar os dados do Facebook dois meses depois de terem garantido que estes tinham sido eliminados.

O Facebook continua a investigar e a analisar os dados que foram obtidos e já bloqueou até outras empresas que podem ter obtido dados da mesma forma. Ainda é cedo para se perceber a real dimensão deste problema, mas todos os dias surgem informações novas e que aumentam exponencialmente a sua escala.

Fonte: Pplware

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM

Atendimento OnLine
Enviar...