Anatel põe Claro contra parede e ordena redução de tarifa de longa distância
A Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel ordenou à Claro S.A redução imediata da tarifa cobrada por ligações de longa distância usando o código 21. O ajuste refletirá em uma diminuição de 10,43% no valor do minuto de chamadas para localidades distantes, mesmo que seja do mesmo DDD.

Em ligações com DDD diferente, os preços cairão para R$ 0,72 no horário comercial e R$ 0,50 no horário reduzido. Sem mudança de DDD, a Claro terá que cobrar R$ 0,60 na tarifa comum e R$ 0,42 na reduzida. Nos valores ainda devem incidir impostos, em uma alteração que atinge todos os planos de telefonia fixa de Claro, Net e Embratel.
 
A Anatel ordenou o ajuste para transferir ao consumidor parte da economia gerada com a fusão dos CNPJ das três empresas que hoje formam a Claro S.A. Segundo o órgão, a fusão das teles resultou em uma economia de pelo menos R$ 170 milhões anuais só em redução de tributação.
 
É um valor que, caso fosse convertido para planos de telefonia fixa básicos, poderia representar uma diminuição de até 80% da tarifa. A medida, porém, foi considerada inviável pela comissão avaliadora da Anatel, que decidiu por diluir a economia em todos os planos da operadora. É também, segundo a Agência, uma forma de beneficiar o maior número de clientes possível.
 
A nova tarifa do DDD 21 entrará em vigor a partir de 1º de junho de 2016.

Fonte: Tudocelular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...