Ações do Facebook caem após compra da WhatsApp
A compra do WhatsApp não refletiu bem na Bolsa de Valores entre ontem e hoje. As ações do Facebook sofreram queda na Europa e no fechamento do mercado nos Estados Unidos. Analistas, entretanto, aprovam a aquisição.
 

Na quarta-feira à noite, imediatamente após o anúncio da compra do WhatsApp, os papéis do Facebook foram negociados a US$ 64,80 no pós-pregão norte-americano, apresentando uma queda de 4,8% em relação ao seu valor antes do anúncio. Esta manhã, na abertura da Bolsa de Frankfurt, as ações da empresa também sofreram queda de 2,9%.

Enquanto os investidores estão se desfazendo das ações da empresa, analistas de mercado tecem elogios àquela que é a maior aquisição de uma startup nos últimos 5 anos. De acordo com o Goldman Sachs, o valor pago de 19 bilhões de dólares equivale  a cerca de US$ 42 por usuário ativo do WhatsApp, uma barganha se comparado com o valor estimado de US$142 por usuário ativo do próprio Facebook. A empresa recomenda a seus investidores que continuem apostando no Facebook.
 
Os analistas do Morgan Stanley adotaram a mesma recomendação e acrescentaram: “O WhatsApp oferece  de mais de um milhão de usuários registrados todos os dias, e o Facebook acredita que o volume de mensagens do WhatsApp está se próximo do volume global de SMS trocados”.

Fonte: Código Fonte 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...