A era das máquinas: fornecedor da Apple substitui 60 mil pessoas por robôs
A Foxconn, parceira de produção da Apple (e que tem grande participação no desenvolvimento de projetos da empresa), substituiu 60 mil trabalhadores por robôs em uma fábrica localizada em Kunshan, na China. As informações foram divulgadas por uma série de veículos asiáticos nesta quarta-feira (25).

A força de trabalho desta fábrica era de 110 mil pessoas, e agora passa a ser de 50 mil, segundo o South China Morning Post, citando ainda que cerca de outras 600 empresas também de Kunshan possuem planos semelhantes de trazer robôs para suas linhas de produção.
 
A grande preocupação em substituir humanos por robôs em fábricas deste porte é que a automação pode resultar em um impacto potencialmente devastador sobre a população da região, que é composta principalmente por trabalhadores imigrantes.
 
Já é notável os planos da Foxconn de automatizar suas fábricas. No entanto, vale lembrar que que o custo inicial de cada máquina é muito elevado, logo o investimento só pode ser saudável a longo prazo. Com isto, a gestão seria mais prática reduzindo os custos com trabalhadores humanos.
 
Isto significa, porém, que teremos iPhones mais baratos no futuro? Não necessariamente.
 
Os jornais chineses não citam que esta fábrica seja responsável pela produção de dispositivos móveis, embora, no ano passado, outros relatórios citaram a produção em massa de 51 milhões de laptops e 20 milhões de smartphones.
 
Automatizar seria a solução para trazer produtos mais baratos ao mercado? A resposta parece totalmente distante, mas muitas empresas já investem nisto há algum tempo. A Apple, por exemplo, apresentou em março um robô chamado “Liam”, projetado para desmontar dispositivos para reciclagem com mais eficiência e rapidez.

Fonte: Tudocelular 


Serviços
Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by SuaInternet.COM


Serviços

Atendimento OnLine
Enviar...